CÓRSEGA-SARDENHA-TARQUÍNIA-ROMA = Setembro 2018


CÓRSEGAA CÓRSEGA (É A PROVÍNCIA MAIS POBRE E COM MAIOR DESEMPREGO DA FRANÇA) É UM ESPETÁCULO CINEMATOGRÁFICO COM MONTANHAS ALTAS E ESCARPADAS DE PEDRA NUA QUASE PRETA



E ABAIXO VEGETAÇÃO, NÃO HÁ ESTRADA BEIRA MAR DE TÃO ACIDENTADO QUE É O TERRENO, E A LIGAÇÃO ENTRE AS CIDADES SE FAZ SUBINDO E DESCENDO MONTANHAS COM PERSPECTIVAS BELÍSSIMAS DE MAJESTOSOS VALES E MONTANHAS [A MAIS ALTA TEM 2.900m], COM CIDADEZINHAS ENCARAPITADAS NAS ALTURAS POUCAS CASAS ALTAS E ESTREITAS E 1 IGREJA. FOMOS DE FERRY DE LIVORNO PELO MAR TIRRENO [NOME DO MEDITERRÂNEO ENTRE CÓRSEGA/SARDENHA E A ITÁLIA] COM 4,30h DE DURAÇÃO. CHEGA-SE EM BASTIA:



COM MURALHAS ONDE SE ALMOÇA, DEPOIS PARA CORTE COM SUA CIDADELA E COM ACLIVES QUE SE VISITA NUM TREM TURÍSTICO. DAÍ AJÁCCIO:



[QUE O CORSO PRONUNCIA AIÁCCIU] CAPITAL DA CÓRSEGA CUJO DESTAQUE É A CASA DE NAPOLEÃO (*1869)



HABITADA POR TODO O CLÃ COMANDADO PELO AVÔ DE BONAPARTE QUE RETINHA TODO O $$ DAS RENDAS DAS TERRAS. O PAI DE NAPOLEÃO, CHARLES BONAPARTE, ESTUDOU AS LEIS EM ROMA E PISA E FOI O REPRESENTANTE DA NOBREZA LOCAL EM PARIS EM 1799. LETICIA, A MÃE DE NAPOLEÃO, ERA CONSIDERADA A MULHER MAIS BONITA DA CÓRSEGA. COM 15 ANOS NAPOLEÃO FOI PARA PARIS ONDE VIRA UM REVOLUCIONÁRIO. CASA-SE COM JOSEPHINE EM 1796, É 1º CONSUL EM 1799, PROCLAMA O IMPÉRIO EM 1804, E CONQUISTA O MUNDO EUROPEU, DIVORCIA-SE DE JOSEPHINE EM 1809 E CASA-SE COM MARIA LUÍSA ARQUIDUQUESA DA ÁUSTRIA [filha de Francisco I, Imperador da Áustria-Hungria e Maria Teresa de Bourbon-Sicílias E IRMÃ de Carlota Josefa Maria Leopoldina Von Habsburgo-Österreich, (*22/1/1797 +11/12/1826), mulher de nosso PEDRO I], EM 1811 NASCE O ÚNICO FILHO DE NAPOLEÃO – REI DE ROMA – EM 1815 EM WATERLOO ACABA O SONHO DE PODER DE NAPOLEÃO QUE MORRE EM 1821. SEMPRE TEVE SÉRIOS PROBLEMAS DE ESTOMAGO DAÍ..... ESTAR SEMPRE APERTANDO O ESTOMAGO COM A MÃO COMO APARECE NAS PINTURAS. DEPOIS DE AJÁCIO FUI PARA PROPIANO:



COM ALMOÇO JUNTO AO MAR, ONDE TOMEI UMA CERVEJA FEITA DE CASTANHAS, DELICIOSA LEVE SEM AMARGOR, DAÍ PARA BONIFÁCIO:



A BEIRA MAR COM GRANDES IATES E TAMBÉM A CIDADE ALTA COM MURALHAS MEDIEVAIS UMA CIDADE LINDA JÁ COM AS FALÉSIAS DE PEDRA CALCÁRIA BRANCA QUE SERÁ O COMUM NA SARDENHA. FIM DA CÓRSEGA E APÓS 50min DE FERRY CHEGAMOS EM ÓLBIA ENTRADA DA COSTA ESMERALDA NA SARDENHA.


SARDENHA: É MUITO MENOS MONTANHOSA QUE A CÓRSEGA E SUA PEDRAS SÃO CALCARIAS BRANCAS, CULTIVAM O VINHO. OLBIA:



COM SEU AEROPORTO É A PORTA DE ACESSO DA COSTA ESMERALDA O GRANDE POINT DO TURISMO DE ALTÍSSIMO LUXO DO MEDITERRÂNEO, 1ª PARADA EM PORTO ROTONDO: 



COM SEU CAIS REDONDO REPLETO DE IATES ATÉ 30m É O 1º ESTÁGIO PARA OS RICOS EUROPEUS, DEPOIS PARA PORTO CERVO:



O ESTÁGIO FINAL DOS RICOS COM IATES ATÉ 50m E CASAS ENORMES [A DE BERLUSCONI AVALIADA EM 15 MILHÕES DE EUROS ESTÁ ESCONDIDA ATRÁS DE ALTA VEGETAÇÃO]. CONFESSO QUE FIQUEI FRUSTRADO, POIS PARA NÓS BRASILEIROS ACOSTUMADOS COM NOSSA BELÍSSIMAS PRAIAS NADA A VER COM AS PEDRAS NAS PRAIAS E O MAR DA SARDENHA [IMBATÍVEIS E SUPERIORES ÀS NOSSAS SÓ NA POLINÉSIA FRANCESA E ALGUMAS ILHAS DO CARIBE, O RESTO É LENDA URBANA], DEPOIS PALAU, UMA CIDADEZINHA SIMPÁTICA:



QUE DÁ ACESSO ATRAVÉS DE BARCO PARA LA MADDALENA:



DE ONDE, ATRAVÉS DE UMA PONTE, CHEGA-SE À ILHA CAPRERA:



ONDE ESTÁ A CASA DE GARIBALDI, POREM FECHADA O QUE FOI UMA DECEPÇÃO. DEIXAMOS O LITORAL TIRRENO E ATRAVESSAMOS NA HORIZONTAL ATÉ SÁSSARI: 



JÁ NO MEDITERRÂNEO COM UMA CATEDRAL BARROCA QUE SE DESTACA PELA BELEZA. COMI UM MARAVILHOS FRITTO DI PESCI NUM RESTAURANTE NAPOLITANO QUE ESTAVA PERFEITO SEQUINHO E CROCANTE. DEPOIS ALGHERO, [ONDE FALAM CATALÃO]



LINDA CIDADEZINHA COM UM CENTRO HISTÓRICO QUASE INTACTO RODEADO POR MURALHAS EM PERFEITO ESTADO, ONDE COMI OUTRO FRITTO DI PESCI NO MIRADOR, BASTIONE MARCO POLO, 63



UM EXCELENTE RESTAURANTE COM UMA POSIÇÃO PRIVILEGIADA NAS MURALHAS DE ONDE SE TEM UMA VISTA DESLUMBRANTE. À BEIRA MAR SE ENCONTRAM LOJAS QUE VENDEM CORAL VERDADEIRO [SE CONHECE PELAS IMPERFEIÇOES] A PREÇOS MUITO VANTAJOSOS E COM EXCELENTE FABRICAÇÃO [ZEZÉ SE ESBALDOU], BOTTEGA del CORALLO, PIAZZA DUOMO, 13, DEPOIS BOSA:



E FINALMENTE CAGLIARI [PRONUNCIAM CÁLHARI]



A CAPITAL DA SARDENHA, UMA BELÍSSIMA E ELEGANTE CIDADE COM O PALÁCIO REAL DOS SAVÓIA QUE FORAM REIS DO PIEMONTE E SARDENHA ANTES DE SEREM REIS DA ITÁLIA. DEPOIS TOMAMOS O FERRY COM CAMAROTES ÀS 18,00h E FOMOS PARA CIVITAVECCHIA NUM TRAJETO QUE DURA A NOITE TODA


CONSIDERAÇÕES: ESSA VIAGEM CANSATIVA É CONSEQUÊNCIA DE UMA VIAGEM DE 2106, QUANDO FOMOS DE MADRI PARA ROMA SOBREVOANDO A CÓRSEGA QUE EU ACHEI UMA BELEZA, COM SUAS INÚMERAS MONTANHAS ESCARPADAS; QUANTO À SARDENHA HÁ MUITO TEMPO QUE EU QUERIA CONHECER COM MAIS DETALHES, POIS A QUEM PERGUNTAVA [E DIZIA CONHECER] CITAVA CAGLIARI E ÓLBIA POR TEREM PARADO EM UM CRUZEIRO NO MEDITERRÂNEO, NESSA VIAGEM ENCAIXEI TUDO O QUE É SIGNIFICATIVO NAS 2 ILHAS. UMA OPINIÃO SINCERA: AS CORES NOS LOCAIS DA SARDENHA, MESMO EM DIA DE SOL, NÃO SÃO AQUELAS CORES MARAVILHOSAS QUE APARECEM NAS FOTOS JÁ QUE ELAS NÃO APARECEM NOS LOCAIS REAIS [NA POLINESIA E CARIBE, A GENTE VE REALMENTE ESSAS CORES MARAVILHOSAS], AGORA POSSO DIZER QUE EU CONHEÇO A CÓRSEGA E A SARDENHA. 



TARQUÍNIADE CIVITAVECCHIA PARA TARQUINIA:



ESTUPENDA CIDADE COM UMA CIDADE ALTA MURADA COM RUAS ESTREITAS E CASAS CONSTRUÍDAS NAS MURALHAS COM BELOS PRÉDIOS MUITO BEM CONSERVADOS DOS SECs XII, XIII, XIV, XV, XVI. NO SEC XII PASSOU A PERTENCER COMO FEUDO A MATILDE DI CANOSSA [1046-1115], MARQUESA DA TOSCANA, FILHA DO PAPA BONIFÁCIO III. NO SEC XIII RECEBEU RICARDO CORAÇÃO DE LEÃO. A CIDADE TEM VÁRIAS TORRES [RESTAM 20] CONSTRUIDAS NOS SEC XII E XIII.



AS TORRES ERAM CONSTRUIDAS PELAS GRANDES FAMILIAS PATRICIAS COMO SINAL DE RIQUEZA E PODER POLÍTICO, QUANTO MAIOR E MAIS ALTA MAIOR O PRESTÍGIO DA FAMÍLIA ENTRE ELAS A VITELLESCHI. O PALÁCIO VITELLESCHI [SEC XV] FOI TRANSFORMADO NO MUSEU NACIONAL TARQUINENSE E DÁ UM SHOW EMPOLGANTE DO QUE FOI A REQUINTADA SOCIEDADE ETRUSCA, DO SEC IX A III aC., MUITO MAIS SOFISTICADA QUE OS ROMANOS. SEU APOGEU INICIAL FOI ENTRE OS SEC. VIII E VI aC. TEM UMA DECADENCIA NO SEC V E VOLTA AO APOGEU NO SEC IV ATÉ SER CONQUISTADA PELOS ROMANOS EM 311 aC. OS SARCÓFAGOS [QUE EU CONHECIA ATRAVÉS DO LIVRO O ETRUSCO DE MIKA WALTARI] SÃO UM ESPETÁCULO À PARTE COM AS ESCULTURAS DOS MORTOS SERENAMENTE DEITADOS OU RECLINADOS NAS TAMPAS SEMPRE COM UM MISTERIOSO E TRANQUILO SORRISO CONTEMPLATIVO, ALGUNS SUSTENTANDO A CABEÇA COM A MÃO SEMPRE COM EXPRESSÃO DE PAZ; A CERÂMICA LEMBRA A DE CRETA NAS CORES E DESENHOS E SÃO MUITO BONITAS, ERAM VENDIDAS EM TODO MEDITERRÂNEO DESDE O SEC VII aC. CHEGANDO ATÉ CARTAGO; A ESCULTURA É ESTUPENDA E ESSES 2 CAVALOS ALADOS SÃO MAGNÍFICOS, HÁ TAMBÉM UM  FRAGMENTO DA DEGOLAÇÃO DE UM TOURO QUE É ESPETACULAR PELO APURO DA REPRESENTAÇÃO DA CABEÇA DO TOURO, E AS MARAVILHOSAS TUMBAS INTEIRAMENTE PINTADAS COMO NO EGITO COM DESENHO E CORES MAGNÍFICAS , ENFIM FOI O PONTO ALTO DA VIAGEM EM TERMOS DE DESCOBERTA DO PASSADO.



  


 



 


 


 



PALÁCIO VITELLESCHI SEC XV = MUSEU TARQUINENSE


ROMAÉ UMA FESTA DE ALEGRIA E BELEZA, CADA ESQUINA, CADA PERSPECTIVA ASSOMBRA E ENCANTA, NO MEIO DO MAR HUMANO QUE FLUE PELAS RUAS, VIELAS E PRAÇAS E TORNA-SE CONTEMPLATIVO NAS ESCADAS DA FONTANA DE TREVI, NAS ESCADAS DE PIAZZA DI SPAGNA, NAS ESCADAS DO MONUMENTO A VITTORIO EMANUELE II, ENTRE AS CIDADES QUE GOSTO DE ANDAR: LONDRES, MADRI, PARIS, ROMA É QUE MAIS ME AGRADA, POIS COMO MANTEVE MAIS AS CARACTERÍSTICA DE CIDADE ANTIGA COM SUAS RUELAS DESENCONTRADAS QUE DÁ UMA SENSAÇÃO DE BURGO INTIMISTA QUE ME AGRADA E DESAFIA A ENTENDER OS CAMINHOS, PORÉM PARA SE VISITAR OS PONTOS INTERNOS SÓ COM O AUXILIO DA VIATOR QUE CUSTA CARO, MAS ENTRA POR ACESSOS ESPECIAIS QUE EVITAM MAIS DE 2,00h DE FILAS E NOS INTRODUZ NO MUSEU DO VATICANO, [NA CAPELA SISTINA TEM TANTA GENTE QUE NÃO SE VÊ O CHÃO] CONHECI COISAS NOVAS, POIS ENTREI PELA GALERIA DOS CANDELABROS ANTIGOS COM ESTATUAS MARAVILHOSAS QUE SEGUE PARA A GALERIA DOS MAPAS DESEMBOCANDO NUM TERRAÇO DE ONDE SE VÊ A MARAVILHOSA CÚPULA DE SAO PEDRO AO ALCANCE DA MÃO E LINDAS VISTAS DOS JARDINS DO VATICANO, DEPOIS NO APARTAMENTO DE JULIO II, BELISSIMAMENTE PINTADO POR RAFAEL, ONDE ME CHAMOU ATENÇÃO O ENÉAS [FUGIDO DE TROIA EM 1400 aC. QUE INICIA O MITO DA FUNDAÇÃO DE ROMA PELOS GÊMEOS ROMULO E REMO FILHOS DE REA SILVIA E DO DEUS MARTE QUE SÃO OS FUNDADORES MÍTICOS DE ROMA] ENÉAS É RETRATADO LOIRO POR RAFAEL??; EM SÃO PEDRO [A MAIOR IGREJA CATÓLICA DO MUNDO COM 23.000m2 E NAVE DE 187m E CÚPULA DE 137m DE ALTURA COM DIÂMETRO DE 41,47m [PANTEÃO TEM 43,30m E FLORENÇA TEM 44m] VI O CIRCULO DE PÓRFIRO VERMELHO DO EGITO ONDE SE AJOELHOU CARLOS MAGNO PARA SER COROADO, FUI AO COLISEU, AO FÓRUM ROMANO [ANDEI PELA VIA SACRA NO MESMO PERCURSO QUE JULIO CESAR VEZ QUANDO VOLTOU DA GÁLIA], ALÉM DISSO A ESCOLHA DE UM HOTEL BEM LOCALIZADO É VITAL E O NOSSO BORGOGNONI NESSE QUESITO É IMBATÍVEL, AO LADO DE UM SUPER MERCADO FREQUENTADÍSSIMO ONDE COMPRÁVAMOS AGUA, LEITE, FRUTAS E QUEIJOS BARATÍSSIMOS, A 50m DA PIAZZA POLI QUE TEM UM PT DE TAXI, A 150m DA FONTANA DE TREVI, A 100m DO RINASCENTE [SHOPPING CHIQUÉRRIMO, NUM DOS DIAS EM QUE LÁ ESTÁVAMOS TINHA UMA PRINCESA DA ARÁBIA SAUDITA COM UMA MASCARA DE FERRO SOBRE O NARIZ E A BOCA E OS OLHOS FORTEMENTE MAQUIADOS EM COR VERDE JADE ANDANDO LENTAMENTE E COMPRANDO OS PERFUMES E CREMES QUE COMPRÁVAMOS SÓ QUE, AO LADO DELA, ORBITAVAM 4 SEGURANÇAS, 3 MULHERES E 2 ALTOS FUNCIONÁRIOS DO MALL RINASCENTE FORMANDO UM MURO DE PROTEÇÃO E OLHANDO FEIO PARA QUEM ESTAVA POR PERTO]. A 250m A PIAZZA DE SPAGNA E DESCOBRIMOS UM FORMIDÁVEL TRUQUE PARA IR Á TRINITÁ DEI MONTI SEM TER QUE SUBIR AS ESCADAS.



PASSEIO ABAIXO 1:



DO BORGOGNONI PARA A FONTANA DE TREVI, DEPOIS SUBINDO A VIA DEL TRITONE ATÉ A PIAZZA BARBERINI, DEPOIS PARA A VIA VENETO COM SUAS ARVORES O QUE É RARÍSSIMO NO CENTRO DE ROMA, PARA ALMOÇAR NUM DOS RESTAURANTES COM MESAS NA CALÇADA [E REVIVER NOSTALGICAMENTE, TOMANDO UM NEGRONI, A ICÔNICA DOLCE VITA] DEPOIS DESCER ATE A BARBERINI E SUBIR A VIA SISTINA ATÉ TRINITÁ DEI MONTI PARA IR À IGREJA E VER A MARAVILHOSA VISTA DO BELVEDERE, DEPOIS DESCENDO AS ESCADAS SEM NENHUM CANSAÇO E FAZER O QUE MULTIDÕES FAZEM = SENTAR NOS DEGRAUS E RESPIRAR ROMA.


DEPOIS DE SENTAR NAS ESCADAS COALHADAS DE GENTE E SONHAR COM TUDO QUE JÁ VIMOS SOBRE ROMA [A PRINCESA E O PLEBEU], DESCER E ANDAR PELAS LOJAS DA PIAZZA DI SPAGNA, VIA CONDOTTI, VIA BORGOGNONA, SE ASSUSTAR COM AS JOIAS DA BÚLGARI QUE PARECEM BIJUTERIAS DA 25 DE MARÇO, POIS NÃO TEM MAIS OS ENORMES RUBIS, BRILHANTES E ESMERALDAS D’ANTANHO PERFEITAMENTE LAPIDADOS E COM PUREZA EXCEPCIONAL, QUE FORAM SUBSTITUÍDOS POR PEDRAS PEQUENAS E MULTICOLORIDAS, UMA DECEPÇÃO COMPLETA, DEPOIS ATRAVESSAR A PIAZZA MIGNANELLI COM SEUS 3 RESTAURANTES E NUM DELES O DA RAMPA [COMIDA ÓTIMA] ONDE DESCOBRI UMA OUTRA ESCADA QUE TAMBÉM SOBE PARA TRINITÁ DEI MONTE E... DEPOIS PELA VIA PROPAGANDA VOLTAR AO BORGOGNONI.


PASSEIO 2 - ABAIXO:


COMECEI NO COLISEU, DEPOIS O FORO ROMANO ENTRANDO PELA VIA SACRA, VER TUDO E SAIR PELA VIA FORO ROMANO IR PARA O MARAVILHOSO CAMPIDOGLIO CONSTRUÍDO POR MICHELANGELO, DESCER AS ESCADAS PEGAR A VIA DEI FORI PASSANDO ATRÁS DO MONUMENTO A VITTORIO EMANUELE II, IR PELA PIAZZA SAN MARCO, PIAZZA VENEZIA E, PELO CORSO VITTORIO EMANUELE, CONHECER A TORRE ARGENTINA ONDE SE SUPÕE QUE FOI O ASSASSINATO DE JULIO CESAR, DEPOIS PELA VIA TORRE ARGENTINA CHEGAR AO PANTEON [GRÁTIS, POIS É UMA IGREJA CATÓLICA ONDE ESTÃO ENTERRADOS OS 2 VITTORIOS REIS DA ITÁLIA E TAMBÉM RAFAEL, MORTO COM 37 ANOS] DEPOIS PIAZZAS: CAPRETTARI E S. EUSTACHIO, E O PALÁCIO MADAMA ATÉ CHEGAR AO GRAN FINALE PIAZZA NAVONA  COBERTA DE GENTE E RODEADA DE RESTAURANTES ONDE SE ALMOÇA NO TRE SCALLINI, DESDE 1910, UMA FORMIDÁVEL PASTA AO ESTILO ALFREDO. ESSE PASSEIO É PARA ANDARILHO PROFISSIONAL NÃO SEI COM AGUENTEI, POIS FOI NA VÉSPERA DA VOLTA AO BRASIL DEPOIS DE 26 DIAS DE INTENSA VIAGEM!!!!! ENCONTREI NA CARTOLERIA PANTHEON PIAZZA NAVONA, 42 A CERA PARA PODER SELAR CARTAS COM SINETE QUE PROCURAVA HÁ MUITO TEMPO.



CHEGUEI À CONCLUSÃO QUE DAS 4 CIDADES: LONDRES, MADRI, PARIS É DE ROMA A QUE MAIS GOSTO PARA ANDAR


 


 
















 
Os textos desse site podem ser reproduzidos, desde que se informe o autor e o endereço do site.
 
Genealogia e Historia = Autor Anibal de Almeida Fernandes