AUSCHWITZ I, II E III = POLONIA


 ANIBAL DE ALMEIDA FERNANDES, JULHO, 2010.


O EUROPEU SE REFERE AOS NAZI, NÃO USAM A PALAVRA NAZISTA


A POLÔNIA FOI A GRANDE SURPRESA DA VIAGEM PELA SUA PERSEVERANÇA E OTIMISMO APESAR DE SUA TRÁGICA HISTÓRIA, POIS ESSE PAÍS, AO LONGO DE TODA SUA HISTÓRIA SECULAR FOI INVADIDO, DESTRUÍDO E ROUBADO POR SUECOS, RUSSOS, AUSTRÍACOS, PRUSSIANOS E, FINALMENTE, PELOS NAZISTAS ALEMÃES QUE TRANSFORMAM A POLÔNIA NO LIXO DA EUROPA NA 2ª GUERRA MUNDIAL USANDO-A DEPOIS DA CONFERENCIA DE WANNSEE, A 20/1/1942, PARA A ELIMINAÇÃO DE JUDEUS, CIGANOS, RUSSOS E HOMOSSEXUAIS, NOS CAMPOS DE EXTERMÍNIO ONDE MATARAM COM RAPIDEZ E EFICIÊNCIA ESPANTOSA CERCA DE 6 MILHÕES DE SERES HUMANOS, COMO VOCÊ OU EU.


A ALEMANHA RECONHECE A SUA RESPONSABILIDADE HISTÓRICA PARA MANTER VIVA A MEMÓRIA DO HOLOCAUSTO E PASSÁ-LO PARA AS GERAÇÕES FUTURAS, AFIRMOU O MINISTRO DAS RELAÇÕES EXTERIORES ALEMÃO, GUIDO WESTERWELLE. AUSCHWITZ-BIRKENAU É SINÔNIMO DE CRIMES NAZISTAS. O MEMORIAL DE HOJE RECORDA ESSES CRIMES, SÃO 472 HECTARES DE AUSCHWITZ E DO CAMPO SATÉLITE DE BIRKENAU. (FSP-MUNDO, 17/12/2010).


 


O caso envolve um episódio em meados de 1944, quando, durante a chamada "Operação Hungria", chegaram ao campo de concentração e extermínio 425 mil judeus húngaros, dos quais pelo menos 300 mil foram executados nas câmaras de gás. Quase 1,1 milhão de pessoas, incluindo 1 milhão de judeus, morreram de 1940 a 1945 no campo de Auschwitz-Birkenau, libertado pelos soviéticos no fim de 1945. FSP, Mundo, 16/7/15.



AUSCHWITZ I: "ARBEIT MACHT FREI" (O TRABALHO LIBERTA).




ERA UM ANTIGO QUARTEL POLONÊS COM VÁRIOS PRÉDIOS SÓLIDOS DE ALVENARIA DE 3 ANDARES, NUM LINDO LUGAR, NELE FOI A EXPERIÊNCIA PIONEIRA DE CAMARÁ DE GÁS E CREMATÓRIO. EM SETEMBRO DE 1941, AS SS REALIZARAM NO BLOCO 11 OS TESTES DO GÁS ZYKLON B, QUANDO MORRERAM 850 PRISIONEIROS POLACOS E RUSSOS. OS TESTES FORAM CONSIDERADOS BEM SUCEDIDOS E EM CONSEQUÊNCIA CONSTRUÍRAM UMA CÂMARA DE GÁS E UM CREMATÓRIO. ESSA CÂMARA DE GÁS FOI UTILIZADA ENTRE 1941 E 1942 PARA LOGO SER CONVERTIDA EM REFÚGIO ANTIAÉREO E O EXTERMÍNIO FOI TRANSFERIDO PARA BIRKENAU. A ALEMANHA INVADIU A HUNGRIA EM MARÇO DE 1944. ENTRE MAIO E JULHO DE 1944, PERTO DE 438.000 JUDEUS DA HUNGRIA FORAM DEPORTADOS PARA AUSCHWITZ-BIRKENAU E A MAIORIA DELES FOI LÁ EXECUTADA. SE A CAPACIDADE DOS FORNOS NÃO ERA SUFICIENTE, OS CORPOS ERAM QUEIMADOS EM FOGUEIRAS AO AR LIVRE. COMEÇARAM EXTERMINANDO PRISIONEIROS POLÍTICOS E SOLDADOS RUSSOS E DEPOIS, OS JUDEUS, CIGANOS E HOMOSSEXUAIS. APÓS NESSA VISITA EU ENTENDO A PÉRFIDA ESTRATÉGIA DOS NAZISTAS: ELES TORNAVAM A SITUAÇÃO DOS JUDEUS INSUSTENTÁVEL NAS VARIAS CIDADES CONFINANDO-OS NOS GUETOS SUPERPOVOADOS E COM FALTA DE ÁGUA, COMIDA E HIGIENE, DEPOIS VINHAM COM A FANTASIA DE QUE SERIAM TRANSFERIDOS PARA UM LUGAR MELHOR E PARA ISSO DEVIAM PEGAR TUDO QUE TINHAM DE MAIS VALOR E POR EM UMA MALA COM NOME E ENDEREÇO, PARA RESGATAR CASO HOUVESSE EXTRAVIO, NAS CONDIÇÕES DE VIDA QUE TINHAM NO GUETO, EM QUE MORRIAM DE FOME E TIFO, ERA UMA AGRADÁVEL POSSIBILIDADE DE MELHORIA. DEPOIS OS JUDEUS ERAM CONDUZIDOS AOS TRENS ONDE ERAM ACONDICIONADOS COMO SARDINHAS EM LATA, SEM ÁGUA, COMIDA OU VENTILAÇÃO E LEVADOS AOS CAMPOS DE EXTERMÍNIO. OS QUE SOBREVIVIAM AO CHEGAR EM AUSCHWITZ - I ERAM CONDUZIDOS PARA A VISTORIA INICIAL, ONDE UM OFICIAL NAZISTA DECIDIA QUEM ERA APTO AO TRABALHO,  IAM PARA MONOWITZ = AUSCHWITZ - III, (QUE INICIOU SUAS OPERAÇÕES EM MAIO DE 1942. ESTE CAMPO ESTAVA ASSOCIADO COM A EMPRESA IG FARBEN E PRODUZIA COMBUSTÍVEIS LÍQUIDOS E BORRACHA SINTÉTICA) OU QUEM DEVERIA MORRER IMEDIATAMENTE, IAM DIRETO PARA BIRKENAU,  E SEPARAVAM AS FAMÍLIAS SEM NENHUMA CONSIDERAÇÃO.  HÁ INTERVALOS REGULARES O PESSOAL MÉDICO DE AUSCHWITZ - II,  FAZIA REVISÕES SANITÁRIAS A FIM DE ENVIAR OS DOENTES E OS FRACOS PARA AS CÂMARAS DE GÁS DE BIRKENAU. AS MALAS ERAM CONFISCADAS E FAZIA-SE A ANÁLISE DO MATERIAL POR JUDEUS QUE ERAM ESCOLHIDOS E SUBSTITUÍDOS DE TEMPO EM TEMPO. AS SS SELECIONARAM PRISIONEIROS JUDEUS, CHAMADOS KAPOS, PARA FISCALIZAR OS RESTANTES. TODOS OS PRISIONEIROS DO CAMPO REALIZAVAM TRABALHOS DE MANUTENÇÃO, EXCETO NAS FÁBRICAS DE ARMAS. O DOMINGO ERA RESERVADO PARA LIMPEZA COM DUCHAS E NÃO HAVIA TRABALHO. AS SEVERAS CONDIÇÕES DE TRABALHO, UNIDAS À DESNUTRIÇÃO E POUCA HIGIENE, FAZIAM COM QUE A TAXA DE MORTALIDADE ENTRE OS PRISIONEIROS FOSSE MUITO ELEVADA. O BLOCO 11 DE AUSCHWITZ - I ERA A PRISÃO DENTRO DA PRISÃO E ALI SE APLICAVAM OS CASTIGOS. ALGUNS DELES CONSISTIAM EM PRENDER OS ACUSADOS POR VÁRIOS DIAS EM CELA DEMASIADO PEQUENA PARA SENTAR-SE, POIS EM 1m2 ENFIAVAM 4 PRISIONEIROS E ALGUMAS CELAS NÃO TINHAM VENTILAÇÃO E OS PRISIONEIROS FICAVAM PRESOS ATE UMA SEMANA, ONDE ALGUNS MORRIAM. OUTROS ERAM EXECUTADOS, PENDURADOS OU DEIXADOS A MORRER DE FOME. VISITAMOS A SALA ONDE ERAM JULGADOS OS PRISIONEIROS POLÍTICOS E O PÁTIO, ONDE ESTÁ O MURO ONDE ERAM FUZILADOS. VISITAMOS O ALOJAMENTO PADRÃO COM 3 ANDARES E APENAS 22 WCs  E QUE CONCENTRAVA 1.000 PRISIONEIROS CADA UM. EM CADA ALOJAMENTO ESSES 1.000 PRISIONEIROS TINHAM APENAS 15min PARA SUA HIGIENE MATINAL, OU NÃO COMIAM.  DE TEMPOS EM TEMPOS ERAM AVISADOS QUE IAM TOMAR UM BANHO, O QUE DEVERIA SER UMA BOA E FORMIDÁVEL SURPRESA, CONSIDERANDO AS CONDIÇÕES MISERÁVEIS DE HIGIENE. FAZIAM-SE OS LOTES DE PRISIONEIROS PARA O BANHO E ELES  IAM ANDANDO NUM TRAJETO DE 200 A 300 METROS, (FIZEMOS ESSE TRAJETO, NUM GRUPO GRANDE, ONDE HAVIA JOVENS JUDEUS VISITANTES DO MUNDO INTEIRO), ATRAVESSANDO AS CERCAS DUPLAS DE ARAME FARPADO (ONDE OS GUARDAS E SEUS PASTORES ALEMÃES CIRCULAVAM) ATÉ CHEGAR NA DISTANTE SALA DE BANHO (ENTRAMOS NELA, É MUITO MENOR E MAIS BAIXA DO QUE PENSEI) AÍ, OS MANDAVAM SE DESPIR E ENTRAR NA SALA, A PORTA ERA FECHADA, CAIA ÁGUA DO TETO QUE REAGIA COM O GÁS E MATAVA QUASE INSTANTANEAMENTE. DEPOIS DE MORTOS ERAM REMOVIDOS POR JUDEUS, QUE RETIRAVAM TUDO DE VALOR DOS CORPOS (DENTES DE OURO E JOIAS) E OS LEVAVAM PARA OS CREMATÓRIOS (ESTIVEMOS  NOS 2 CREMATÓRIOS QUE FORAM RECONSTRUÍDOS).


 


ATUALMENTE NADA HÁ NOS ALOJAMENTOS, APENAS FOTOS DA CHEGADA DOS MILHARES DE SERES HUMANOS, DOS CORPOS ESQUÁLIDOS ENCONTRADOS SEMIMORTOS QUANDO OS SOLDADOS ALIADOS ENTRARAM OU DOS CADÁVERES ESPALHADOS PELO CAMPO EM FOTOS TIRADAS PELOS SOLDADOS. NAS ENORMES VITRINES DOS QUARTOS SE VEEM OS MILHARES DE SAPATOS (CRIANÇAS E ADULTOS) AS MALAS COM OS ENDEREÇOS, AS ESCOVAS DE DENTE E CABELO, (OS CABELOS CORTADOS DAS MULHERES) E A MAIS MACABRA DE TODAS AS VITRINES: TECIDOS E ABAT-JOURS FEITOS COM PELE HUMANA E CABELOS.  FOMOS TAMBÉM A BIRKENAU = AUSCHWITZ - II, (QUE FICA A 3km DE AUSCHWITZ),  CONSTRUÍDO DURANTE O INVERNO DE 1941-42 POR PRISIONEIROS SOVIÉTICOS, (EX-SOLDADOS DO EXÉRCITO VERMELHO, QUE FORAM POSTERIORMENTE EXECUTADOS PELOS ALEMÃES), O CAMPO FOI CONSTRUÍDO APRESSADAMENTE COM BARRACÕES DE MADEIRA BASTANTE BAIXOS, QUE GELAVAM NO INVERNO DE 20º GRAUS NEGATIVOS, MATANDO OS PRISIONEIROS MAL ALIMENTADOS E SEM ROUPA ADEQUADA (ENTREI NUM DELES CHEIO DE FRESTAS, POR ONDE ENTRAVA O VENTO E O FRIO). A CONSTRUÇÃO INICIOU-SE EM 1941 COMO PARTE DA ENDLÖSUNG DER JUDENFRAGE (SOLUÇÃO FINAL).


BIRKENAU TINHA ÁREA DE 2,5 POR 2km E ESTAVA DIVIDIDO EM VÁRIAS SEÇÕES/CAMPOS. OS CAMPOS, COMO O COMPLEXO INTEIRO, ESTAVAM RODEADOS DE ARAME FARPADO E CERCAS ELÉTRICAS (ALGUNS PRISIONEIROS UTILIZARAM-NAS PARA COMETER SUICÍDIO). O CAMPO ALBERGOU ATÉ 100.000 PRISIONEIROS EM DADO MOMENTO. O OBJETIVO PRINCIPAL DE BIRKENAU NÃO ERA O DE MANTER PRISIONEIROS COMO FORÇA DE TRABALHO (CASO DE AUSCHWITZ I E III), MAS SIM DE EXTERMINÁ-LOS, ERA UM CAMPO DE EXTERMÍNIO.


CONFORME O MUSEU DE BIRKENAU FORAM ELIMINADOS NO CAMPO: 1 MILHÃO DE JUDEUS, 75 MIL POLONESES, 21 MIL CIGANOS, 15 MIL SOVIÉTICOS, 15 MIL DE VARIADAS NACIONALIDADES.



PARA CUMPRIR ESSE OBJETIVO, EQUIPOU-SE O CAMPO COM QUATRO CREMATÓRIOS E CÂMARAS DE GÁS. CADA CÂMARA DE GÁS PODIA RECEBER ATÉ 2.500 PRISIONEIROS POR TURNO. O EXTERMÍNIO EM GRANDE ESCALA COMEÇOU NA PRIMAVERA DE 1942. POIS, A ENORME QUANTIDADE DE PESSOAS VINDAS DE TODA A EUROPA, (ATE DA SUÉCIA) E A RAPIDEZ EXIGIDA PARA O EXTERMÍNIO APÓS WANNSEE, DETERMINAVA ESSA NERVOSA SOLUÇÃO EMERGENCIAL.


AS CÂMARAS DE GÁS DE BIRKENAU FORAM DESTRUÍDAS PELOS NAZIS EM NOVEMBRO DE 1944 COM A INTENÇÃO DE ESCONDER AS ATIVIDADES DO CAMPO DAS TROPAS SOVIÉTICAS. EM 17/1/1945 OS NAZISTAS INICIARAM UMA EVACUAÇÃO DO CAMPO. A MAIORIA DOS PRISIONEIROS DEVERIA PARTIR PARA O OESTE. AQUELES MUITO FRACOS PARA CAMINHAR FORAM DEIXADOS PARA TRÁS. PERTO DE 7.500 PRISIONEIROS (OU 3.000 SEGUNDO OUTRAS FONTES), PESANDO ENTRE 23 E 35KG, FORAM LIBERADOS PELOS RUSSOS EM 27/1/ 1945.


1.500.000 DE SERES HUMANOS, NESSES 2 CAMPOS, FORAM ELIMINADOS DESSA MANEIRA. NÃO SE ENTENDE ESSA LOUCURA COLETIVA E ESSA INÉRCIA DOS ALIADOS, POIS OS ALIADOS TINHAM INFORMAÇÃO AÉREA DETALHADA DOS CAMPOS DESDE MAIO DE 1944.


DOIS PRISIONEIROS QUE CONSEGUIRAM FUGIR, (RUDOLPH VRBA E ALFRED WETZLER), TINHAM REUNIDO DESCRIÇÕES PRECISAS E MAPAS QUE CHEGARAM AOS ALIADOS DURANTE O VERÃO DE 1944.


EM 13/7/1944, BOMBARDEIROS DOS ESTADOS UNIDOS ATACARAM A FÁBRICA DA BUNA WERKE ASSOCIADA COM AUSCHWITZ - III, DESTRUINDO-A PARCIALMENTE, PORTANTO ERA IMPOSSÍVEL QUE SE DESCONHECESSE O QUE ACONTECIA, UMA VEZ QUE A FUMAÇA DAS CHAMINÉS DOS CREMATÓRIOS ESCURECIA OS CÉUS E AS CINZAS TINGIAM OS CAMPOS, ALÉM DO CHEIRO FORTE QUE FICAVA NO AR.


NÃO HÁ COMO ENTENDER, OU COMO ACEITAR, QUE HOMENS TRANSFORMARAM HOMENS EM SUCATA SEM NENHUM RESQUÍCIO DE COMPAIXÃO OU DÚVIDA, É O MAL ABSOLUTO OU A BANALIZAÇÃO DO MAL DE HANNAH ARENDT.


 


 


 


 


 
















 
Os textos desse site podem ser reproduzidos, desde que se informe o autor e o endereço do site.
 
Genealogia e Historia = Autor Anibal de Almeida Fernandes