O BARÃO de LAVRAS

Decreto Registrado no Livro XII, Pag. 78, Seção Histórica do Arquivo Nacional.

Não há Brasão registrado no Cartório da Nobreza e Fidalguia do Império do Brasil.

 Aníbal de Almeida Fernandes, Junho, 2012.

Adendas: Regina Cascão, www.sfreinobreza.com/nobaz.htm

João Alves de Gouveia, Barão de Lavras a 12/1/1889. Título de origem toponímica, tomado desta cidade do sul de Minas Gerais, onde exerceu suas atividades políticas e onde possuiu residência urbana. Região outrora notável pela extração do ouro e povoada desde o primeiro quartel do século XVIII. João Alves de Gouveia nasceu na Freguesia de Nossa Senhora do Carmo da Cachoeira, então pertencente à Vila de Santana das Lavras do Funil, MG, onde foi proprietário da famosa Fazenda da Chamusca. Militou na política, sendo chefe do Partido Conservador, no regime monárquico. Exerceu vários cargos de eleição popular e de nomeação do governo. Foi vereador eleito à 1ª Câmara Municipal de Lavras. Delegado de instrução, suplente de subdelegado de polícia e Juiz de paz na aludida freguesia.

O Barão de Lavras nasceu em 1845 e faleceu a 1/7/1889.

O Barão de Lavras é filho de Maria Carolina de Gouveia a 9/8/1832 c.c. Antonio Joaquim Alves, é neto de Maria Clara (*1796) c.c. Capitão Martinho Dias de Gouveia, é bisneto de Maria Mendes de Brito a 19/8/1778 c.c. Capitão José Joaquim Vilella, é 3º neto de Dorotheia Maria de Jesus (*1748), c.c. Manoel Mendes de Abreu, 4º neto de Maria de Moraes Ribeiro, f. 14/5/1794, em 1725 c.c. Antonio de Brito Peixoto, n. Braga, Portugal, f. 28/2/1750.

Barão de Lavras é 5º neto de André do Valle Ribeiro, o Patriarca da Família Ribeiro do Valle, (8º avô de Aníbal), n. 24/5/1675, Freguesia de Valongo, Porto, Portugal; f. 1721, São João d’El Rei, Brasil, fez parte da Câmara de São João d’El Rei em 1719, c.c. Teresa de Morais, n. em São Paulo, f. 20/8/1727, em São João d’El Rey.

O Barão de Lavras, a 9/2/1861 c.c. Mariana Clara de Gouveia (*2/4/1848 +3/10/1914), pais de 4 filhos que são 6ºs netos de André do Valle Ribeiro, o Patriarca da Família Ribeiro do Valle, 8º avô de Aníbal::

1) Eduardo Alves de Gouvêa c.c. Baseliça dos Reis, sem descendência.

2) Maria Carolina Alves de Gouvêa c.c. Mathias Antonio Moinhos de Vilhena, pais de 7 filhos:

1) Mariana Clara Gouvêa de Vilhena c.c. Antonio Fernandes Reis, pais de 7 filhos:

1) Maria, fal. criança, 2) Joaquim, 3) Hulda, 4) Raphael, 5) Mathias, 6) Marta e 7) Jesus, c.c. sua prima Yvone Vilhena de Andrade Reis (ver abaixo em 3)

2) João Alves de Gouvêa c.c. Baseliça dos Reis (viúva de seu tio paterno, Eduardo Alves de Gouveia), sem descendência.

3) Maria Gouvêa de Vilhena c.c. Joaquim Martins de Andrade, pais de 12 filhos, entre eles:

Yvone Vilhena de Andrade Reis, c.c. seu primo, Jesus Vilhena Reis, (ver acima em 1) pais de:

Maria Úrsula de Andrade Reis c.c. Paulo Rehme, pais de:

Rodolpho Reis Rehme.

4) Terezinha Gouvêa de Vilhena c.c. Quintino Ferreira, pais de 4 filhos.

5) Leontina Gouvêa de Vilhena c.c. Antonio Sebastião Ribeiro de Almeida, pais de 3 filhos. São avós maternos do cirurgião cardíaco Sergio Almeida Oliveira, da Beneficencia Portuguesa de São Paulo, SP.

6) José Gouvêa de Vilhena c.c. Carolina Matos de Vilhena, pais de 2 filhos.

7) Mathias Antonio Gouvêa de Vilhena c.c. Iraydes Paiva, pais de 4 filhos.

3) Antonio Alves de Gouvêa casado e com descendência.

4) Mariana Clara Alves de Gouvêa em 1ªs núpcias c.c. Domingos Carvalho Freitas de Vilhena, pais de 3 filhas:

1) Mariana Clara Gouvêa de Vilhena, solteira.

2) Maria da Conceição Gouvêa de Vilhena c.c. Joaquim Pedro dos Reis, pais de 6 filhos:

1- Maria José c.c. Antonio dos Reis.

2- Gema c.c. Jardain.

3- José c.c. Izabel

4- João, solteiro.

5- Domingos c.c. Mariana.

6- Antonio, solteiro.

3) Maria Benedita Gouvêa de Vilhena, solteira.

4) Mariana Clara Alves de Gouvêa em 2ªs núpcias c.c. Antonio dos Reis, pais de 5 filhos:

1- Joana c.c. Manoel Teixeira.

2- Helena, solteira.

3- José Harley c.c. Izabel.

4- Margarida c.c. Geraldo Bernardes.

5- Alaíde c.c. Geraldo Marciano dos Reis.

 

Fontes pesquisadas para estruturar esse trabalho:

Regina Cascão: Dicionário das Famílias Brasileiras, de Carlos Eduardo Barata e AH Cunha Bueno e Verbete: Lavras, Barão de Lavras.

Aníbal de Almeida Fernandes: Anuário Genealógico Brasileiro, Ano III, 1941, pgs: 132/133 e Titulares do Império Carlos Rheingantz, pg 59, Rio de Janeiro, 1960.

Dario Zagotta, fonte primária: enviou os dados sobre o Barão de Lavras que foram retirados de um trabalho genealógico manuscrito e assinado por Ary Florenzano, Curitiba, 1966, e fornecidos pela dona do Manuscrito original: Yvone Vilhena de Andrade Reis, bisneta do Barão de Lavras.


Data da morte do Barão Lavras: 1/7/1889, conforme a lápide do túmulo no Cemitério Municipal de Carmo da Cachoeira, MG, então distrito da vizinha cidade de Lavras informação de Rinaldo de Almeida a 1/6/12.




Projeto Compartilhar, Coordenação Regina Moraes Junqueira: André do Valle Ribeiro


João Alves da Gouvêa: International Genealogical Index

Gender: Male Birth: About 1845, Brazil

 


João Alves da Gouvêa: International Genealogical Index (Mórmons)

Gender: Male Birth: About 1845, Brazil

 
Os textos desse site podem ser reproduzidos, desde que se informe o autor e o endereço do site.
 
Genealogia e Historia = Autor Anibal de Almeida Fernandes